Potencial construtivo da Linha Verde vai à leilão nesta terça-feira

O prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, acompanha nesta terça-feira (26), na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), o primeiro leilão para captação de recursos da Operação Urbana Consorciada Linha Verde. Neste primeiro lote serão colocados à venda 300 mil Certificados de Potencial Adicional de Construção (Cepacs).

“A Operação Urbana terá garantia de investimentos e de execução. O recurso entrará no Banco do Brasil e o controle da aplicação será feito pela Caixa Econômica Federal“, explicou o prefeito Luciano Ducci.

O lance mínimo para cada Cepac é de R$ 200,00. Caso todos os Cepacs sejam vendidos nesse primeiro leilão a arrecadação será de R$ 60 milhões, que irão direto para uma conta criada no Banco do Brasil para serem investidos nas obras da Linha Verde.

Dependendo da reação do mercado, caso haja muita procura pelos Cepacs, o valor de R$ 200,00 pode subir. Após esse primeiro leilão o Banco do Brasil vai analisar o resultado para definir quando será feita uma nova operação de captação de recursos na Bovespa. Todo o processo será acompanhado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Mostrar próximo post
Carregando